DESDE 1939 - UTILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL E ESTADUAL

Opinião

Homenagem – Luiz Carlos Gomes para Edição do Brasil
Coluna feita pelo presidente Luiz Carlos Gomes no jornal Edição do Brasil em “Articulista da semana” no Caderno de esportes, página 12. Edição de 18 a 25 de Fevereiro de 2017.

HOMENAGENS

Reconhecimento. Este é o objetivo maior da ação que a AMCE – Associação Mineira de
Cronistas Esportivos e a FMF – Federação Mineira de Futebol estão realizando durante o campeonato mineiro para homenagear os cronistas esportivos de todos os tempos. Iniciamos com os companheiros já falecidos, na sequencia vamos reverenciar os
veteranos, muitos já aposentados, outros em plena atividade.

Em cada rodada do campeonato mineiro, um jogo é escolhido para sediar o evento.
Já homenageamos os saudosos Felipe Drummond. Osvaldo Faria, Fernando Sasso, Kafunga, Jairo Anatólio, Dirceu Pereira, Waldir de Castro, Benjamin Abiliac, Roberto Drummond e Vilibaldo Alves. Familiares são especialmente convidados e antes do jogo recebem uma placa especial das mãos do jovem presidente da Federação Mineira de Futebol, Castellar Modesto Guimarães Neto e deste presidente da AMCE. É um momento de alegria e profunda emoção com muitos Abraços, palmas, choros e fotos.

A ideia foi sugerida pelo companheiro Orlando Augusto durante uma descontraída roda de conversa e prontamente acatada pela AMCE e FMF. A ação será permanente e a cada campeonato mineiro, ao longo dos anos, vamos saudar vários companheiros da crônica esportiva de Belo Horizonte e do interior de Minas.
É uma homenagem simples, mas de profundo significado. Afinal foram eles que abriram as trilhas tortuosas e desconhecidas que serviram de guia para construção da bonita e bem pavimentada história da nossa comunicação esportiva e do próprio esporte mineiro.

Tinham a disposição apenas o talento nato, a garra e a vontade de fazer bem feito. Lutaram muito, enfrentaram desafios gigantescos, dedicaram boa parte de suas vidas ao sonho de ser cronista esportivo, mas se transformaram em grandes profissionais, fizeram escola, formaram público e levaram a informação e a valorização do esporte mineiro, em especial do nosso futebol, a todos os cantos de Minas, do Brasil e do mundo.

Prestar esta singela homenagem é também uma forma de agradecer o público. Muitos
se lembram com carinho dos grandes narradores, comentaristas, repórteres, redatores, colunistas e até mesmo do pessoal técnico que marcaram época no rádio, na televisão e nos impressos. Temos recebido centenas de mensagens, agradecendo e aplaudindo a iniciativa. Uma prova que todos estão bem vivos na memória de várias gerações.
Entretanto realizar esta ação não é tarefa fácil. Encontrar familiares dos companheiros já falecidos ou aposentados é uma árdua missão. Contamos com o apoio de muitos colegas e amigos para descobrir onde estão. Quem puder ajudar dará uma bela contribuição.

Vale destacar que estas homenagens fazem parte de um projeto maior da AMCE desde o início da nossa gestão, ou seja, resgatar, preservar e valorizar a memória da entidade e dos seus associados. Sendo assim, apoiamos a produção e edição da Enciclopédia do Rádio Esportivo de Minas Gerais, um trabalho inédito e excepcional das jornalistas Nair Prata e Maria,Cláudia dos Santos com a biografia de centenas de cronistas esportivos. Recuperamos várias placas, troféus, flamulas, matérias, histórias e diplomas, agora expostos em nossa sede.

Recuperamos inúmeras fotografias de todos os tempos que estão sendo digitalizadas e breve disponibilizadas no site da entidade. Organizamos várias entrevistas especiais com cronistas esportivos, contando sua história. O acervo está disponível no site.
Com apoio voluntario do fotografo Osmar Ladeia estamos registrando em todos os
jogos a nossa turma trabalhando. Todas as fotos estão no site.
Assim, valorizando o imenso e importante trabalho realizado no passado, apoiando integralmente os companheiros do momento, mas de olho no futuro, a AMCE vai construindo sua história.

Jovem e saudável aos 78 anos que serão completados em Julho próximo, estamos preparados para novos desafios, certos de que sem a presença firme, constante e independente do cronista esportivo, o nosso esporte não seria tão forte e respeitado.